Saiba como Investir - O que é Bolsa de Valores, Mercado Financeiro e Corretora de Valores


O mercado financeiro é um ambiente de negociação de produtos financeiros; e como em toda negociação, existem duas partes, que possuem interesses parecidos e fecham um acordo. No caso de negociações no mercado financeiro, as partes são divididas em quem empresta dinheiro e quem toma emprestado para devolver com juros. Ou seja, o mercado financeiro é um ambiente que reúne investidores (quem empresta dinheiro, que no caso seria você que quer investir) e emissores de títulos de dívida (quem toma dinheiro emprestado, que podem ser empresas, grupos de empresas, o Estado brasileiro, ou até mesmo um estado estrangeiro). Quando você toma dinheiro emprestado do banco, por exemplo, na maioria dos casos, não há intermediador, pois você empresta o dinheiro direto do banco, e devolve tal quantia, acrescida de juros, também diretamente ao banco. No mercado de ações, entretanto, esse “empréstimo”, feito através da compra de títulos de dívida, é realizado através de dois intermediadores que possibilitam tais operações: a BM&FBOVESPA e uma corretora de valores. A BM&F Bovespa é chamada de bolsa de valores e é responsável por administrar o mercado financeiro, onde são vendidos as produtos financeiros acima mencionados. Eles podem ser títulos de renda variável, valores mobiliários e contratos derivativos, títulos de renda fixa, ações, câmbio e contratos derivativos referenciados em ações, contratos futuros, contratos a termo, contratos de índices, mini índices, taxas, mercadorias, moedas, entre outros. A bolsa de valores faz o registro (controle das informações), a compensação (garantia da realização das operações) e a liquidação (encerramento das operações) dos ativos negociados. Podemos compará-la a um grande shopping center com diversas lojas e produtos, no qual é possível acompanhar a variação de preço das mercadorias (ativos financeiros) e lucrar vendendo algo por um preço maior do que você pagou. Já as corretoras de valores são instituições financeiras voltadas para investimentos (como a XP Investimentos, BTG Pactual, Ativa Investimentos, etc). Você abre sua conta em uma corretora como faz em um banco, mas para fins bem diferentes: uma corretora não oferece empréstimos, financiamentos, cartões de créditos ou pagamentos e, sim, opções para aplicar seu dinheiro em produtos financeiros. O principal papel de uma corretora é atuar como intermediária na compra e venda de tais produtos. Elas são instituições autorizadas a atuar como uma ponte de ligação entre os investidores (você, no caso) e a Bolsa de Valores (no caso do Brasil, a BOVESPA). Assim, se você quer investir, o primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora de valores. Depois, precisa pesquisar que tipo de produto financeiro está interessado em comprar. Quer saber mais sobre esse assunto? Continue nos seguindo, que traremos mais artigos sobre o assunto.

Posts recentes

Arquivo

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon